Blog

Início, Blog , Fuga Couros previne danos com o Zabbix

Fuga Couros previne danos com o Zabbix

09/01/2017

- Categoria: Notícias

Um projeto criado para o Grupo Fuga Couros agora monitora a performance e o desempenho de servidores de infraestrutura de rede em todas as suas unidades pelo Brasil. A possibilidade se dá através do Zabbix, uma ferramenta de monitoramento de diversos parâmetros, como servidores e rede.

O Zabbix gera relatórios completos que podem ser visualizados na web através de dashboards. Assim, cada servidor da Fuga possui um agente que coleta os dados e, em caso de problemas, encaminha a um painel, personalizado especialmente para a empresa, usando o mecanismo de notificação.

Entre os serviços acompanhados no Fuga, está o UTM que tem VPN’s e links de internet monitorados; o storage com seu uso e status do seu RAID analisados; o data center que tem sua temperatura ambiente controlada; os switches com a supervisão do fluxo de tráfego por porta, além do monitoramento de servidores, virtualização e no breaks.

As notificações geradas sobre estes serviços possibilitam a prevenção de perdas, exatamente como no episódio relatado pelo responsável pela TI do Fuga Couros, Vinícius Roberto Gobbi: “Recebemos um alerta sobre um dos equipamentos firewall na unidade do Mato Grosso e através do comando de verificação descobrimos um problema no resfriamento”. Desta forma, a equipe conseguiu entrar em contato com a assistência do produto antecipadamente, evitando danos mais graves que, além de demandarem tempo, resultariam um prejuízo de aproximadamente cinco mil reais.

Fuga Couros

Cliente Atua desde dezembro de 2015, o Grupo Fuga Couros conta com 18 unidades pelo Brasil e atua em diversos mercados coureiros.

Com mais de 2.700 colaboradores e 22 plantas, o Fuga Couros processa mais de 200 mil peles por mês e participa de várias feiras internacionais, na Europa, no extremo Oriente e na América do Norte. Sua participação também se expandiu para áreas afins, como agropecuária, frigoríficos, unidades de processamento de subprodutos, investindo também em combustíveis renováveis .

Quer receber nossas novidades por e-mail?