Blog

Início, Blog , Obrigações de Transporte X Processos cotidianos: como facilitar?

Obrigações de Transporte X Processos cotidianos: como facilitar?

14/07/2017

- Categoria: Dicas

Somando o tempo cada vez mais escasso e o número crescente de obrigações no meio do transporte, inevitavelmente administradores não conseguem dedicar a atenção necessária para a análise de seus resultados. Conhecendo essa rotina, a Atua, através de seus sistemas Mais Frete e Mais Frota, facilita os processos das transportadoras por estar integrada com diferentes empresas habilitadas a fornecer serviços que cumprem com obrigatoriedades muito exigidas pela fiscalização, como Vale-Pedágio, Seguro de Cargas e CIOT (Código Identificador da Operação de Transporte), por exemplo.

Entre as principais vantagens de investir em um software com essas integrações está a praticidade em realizar sua gerência de acordo com a legislação vigente, de forma muito mais completa e rápida, em uma única plataforma, evitando o retrabalho. Melhor ainda é que com os sistemas Mais Frete e Mais Frota você tem acesso a essas e a novas integrações sempre com a garantia de completo funcionamento, sem custos adicionais.

O Mais Frete possui integração com as principais administradoras de meio eletrônico de pagamento de frete, dispensando a validação manual de dados. Com ele, o envio das informações para a emissão do CIOT e pagamento do frete são unificados à emissão do CT-e oferecendo, dessa forma, maior ganho em agilidade no processo de liberação do pagamento, assim como em segurança, já que o próprio sistema também valida a necessidade de emissão de CIOT ou não.

Tendo em vista que para um frete ser acobertado por seu seguro, o CT-e deve estar averbado junto à seguradora, os sistemas da Atua ainda possuem processos integrados que simplificam a troca de informações junto às seguradoras. O Mais Frete e o Mais Frota se adaptam à sua forma de gerir permitindo optar por averbar de forma automática ou semiautomática, conforme sua preferência.

Já para realizar a antecipação de pedágio por meio homologado, os sistemas da Atua são integrados às principais fornecedoras de Vale-Pedágio. Com essa funcionalidade, o pedido de emissão de vale-pedágio é disparado automaticamente à administradora de pagamento utilizando a informação já definida anteriormente, durante o processo de emissão do CT-e, por exemplo. Devido às emissões de CT-e e de Vale-Pedágio acontecerem simultaneamente, o retrabalho é evitado e seu tempo otimizado com a segurança de exatidão em todos os valores pagos.

Sobre todas essas integrações, o gestor da transportadora paranaense Flintem, André Ribeiro, lembra que, antes de contar com o Mais Frete, seus processos eram realizados de maneira independente, o que, além de exigir o recadastro de informações diversas vezes, aumentava a possibilidade de erros humanos. “As integrações do sistema me trouxeram um melhor aproveitamento de tempo e da equipe nos trabalhos. Desde o processo de implantação do sistema, senti maior agilidade na liberação dos embarques”, comenta.

Por isso, quando precisar rever seus processos e demandas assim como a Flintem, leve em consideração fatores que impactam diretamente sua produtividade, como a segurança, o valor de seu tempo e o fato de que, respeitar as leis vigentes não só evita dores de cabeça desnecessárias em caso de fiscalização como demonstra maior credibilidade e transmite confiança em sua prestação de serviços, exigências imprescindíveis de quem contrata.

Quer receber nossas novidades por e-mail?

Please leave this field empty.